Rick Ross assina com a Epic Records e deixa a Def Jam após 10 anos

Após 10 anos e oito álbuns de estúdio com a Def Jam Records, Rick Ross deixou a empresa e assinou um novo contrato com a Epic Records.

A Epic anunciou a notícia na sexta-feira via Twitter, postando uma foto de Ross com o presidente e CEO da gravadora L.A. Reid e sua presidente Sylvia Rhone.

A resposta online foi amplamente positiva, com os fãs prevendo coisas boas para a equipe de Ross e Reid.

Ross fez um aceno para o próximo acordo no Twitter no início do dia, olhando pela janela de um arranha-céu em direção ao centro de Manhattan com uma nota de otimismo. E, mais tarde, ele anunciou uma comemoração e postou outra imagem de si mesmo no Instagram usando roupas da Epic.

ACESO!

Uma foto postada por Rick Ross The Biggest Boss (@richforever) em 16 de janeiro de 2016 às 1h47 PST

Com a mudança, Ross deixa a Def Jan depois de uma década com o selo Universal Music Group - sua gravadora desde o lançamento de seu álbum de estreia, Porto de Miami , em 2006. Em dezembro, lançou seu 8º álbum de estúdio, Mercado negro .

Quanto ao selo Maybach Music Group de Ross - lar de Moinho Manso , País de Gales e outros – não está claro se ele se juntará a ele na Epic. MMG é distribuído pela Atlantic desde 2013 e teve acordos com Warner Bros. e Def Jam, respectivamente, antes.

Em dezembro, Ross ingressou no The Breakfast Club e sugeriu um novo movimento para si e para a MMG. Ele disse, eu tenho um esquadrão, eu tenho um time de verdade – acordos duplos [com] Def Jam, Atlantic. Agora tudo na mesa. Eu posso estar aqui na próxima semana falando, 'Ei, eu só… acordo Ali Baba, você gosta?' Agora Rozay em posição, eu poderia fazer do jeito que eu quiser.|_+_||_+_|

Sobre Nós

Notícias Musicais, Críticas De Álbuns, Fotos De Concertos, Vídeo